Translate this Page

Rating: 4.6/5 (17 votos)

ONLINE
1

 

 

 

 *****

Sempre

Em

Constante

Atualização!

*****

(Brasil)

(Campo Grande)

(MS)

*****
Copyright

by

Claudionor

Araújo

da

Silva

 

Obrigado Pela Visita!!!

Última

Publicação

No

Google:

2021-02-27

7:51:13 PM

[Fred]

ThirdLogo



Mãe & Pai

Mãe & Pai

 
  
 
 
 
 
 01- MINHA MÃE
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Ontem:
Perfeição!
Afeição!
Amor inigualável!
Essência inimitável!
Hoje:
Primavera!
Uma flor na atmosfera!
Pôr do sol!
O brilho do girassol!
Canção triste
Que ainda existe!
Brisa fresca das últimas chuvas
Nessas pradarias!
Campo repleto de flores
Entre os amores!
Sabor de lágrimas
Nessas minhas rimas! 
Porque a sua missão foi cumprida
E a sua poesia agora está sendo lida!
Agora és uma nova flor
Regada por prantos!
És um novo amor
Por esses recantos!
Inundada de sossego,
De paz e aconchego!
Eu:
A sua visita mais importante!
Minha mãe:
Meu exemplo de vida irradiante!
 

 
 

 
 
 
02- MÃE (SINÔNIMO DE AMOR)
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Mãe:
Brilho
Que irradia afeto!
Delicadeza
Que acalenta!
Flor
De incalculável valor!
Tens
A essência
Da fórmula do AMOR!
A você:
São dedicadas lindas canções;
São feitos belos poemas;
São oferecidos lindos presentes.
No universo,
És tu,
SINÔNIMO DE AMOR!
 

 

 
 
03- MÃE: VERDADEIRO AMOR!
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Amor Incomensurável!
Perfume de valor incalculável!
És doce como o toque da flauta!
Um verso em pauta!
És como um valioso tesouro
Que só é encontrado
Nos mares onde reina a felicidade!
Uma estrela
De uma galáxia distante
Mantém acesa a chama
Do seu amor,
Pra toda eternidade!
Nos poemas escritos pelos magos,
A sua imagem é enaltecida
Em traços dourados!
A sua história de vida se resume
Numa linda canção
Ecoada pelos ANJOS,
Em seus reinados!
 

 

 
 
04- RAINHA MAMÃE
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Ternura resplandecente
Amor incomensurável
Flor incandescente
Bondade inigualável
Mamãe:
- A mais linda estrela, não tem o teu brilho
- A joia mais rara, não tem o teu valor
- Tu és para mim, meu porto seguro
- Tu és para mim, sinônimo de AMOR
 

 

 
 
05- POEMA PARA UMA FLOR
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Andei por todos os lugares
Em busca do amor perfeito
Porém só encontrei dissabores
Pois só tu mamãe é o verdadeiro afeto
Tu me deixas mais sereno e mais seguro
Contigo eu estou em paz
Tu és amor puro
Contigo minha tristeza se desfaz
Sei que sou o seu eterno menino
Você é a minha fortaleza
Ouço no badalar de um sino
Uma doce canção, que lembra a tua delicadeza
 

 

 
 
 
 06- MÃE: O AMOR PERFEITO
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Estrela de brilho intenso
Flor rara do mais belo jardim
Sinônimo de afeto!
Sincero amor
Andei por todos os lugares
Só encontrei em ti, flor mamãe
“O Amor Perfeito”
 

 

 
 
 
07- SEMPRE MÃE...
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Perfume de jasmim,
Exalando ternura.
Flor única,
Reluzindo amor.
Pérola
Que revela dedicação.
Coração afetuoso,
Que conduz alegria.
Entre as estrelas,
És,
A mais cintilante.
Entre as pedras preciosas,
És,
A mais valiosa!
 

 

 
 
 
 
 
08- PAI HERÓI
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
 
Meu pai?
 
 
 
Criança:
 
Para ver o meu sorriso!
Pra sentir o que eu preciso!
 
Amigáveis conselhos
 
Que refletem em serenidade!
Gosto de felicidade!
 
Mão que corrige
E
Semblante que ensina!
Segue a sua sina!
Voz da experiência
E
Olhar que repreende!
De quase tudo entende!
 
Visto-me de herói
 
Pra dizer que tu és
 
Meu SUPER-HERÓI!!!
 

 
 

 
 
 
 
09- SEMPRE PAI
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
 
Papai:
 
 
 
Meu melhor amigo;
 
Bons momentos;
 
Repreensões corretas;
 
Braços que acolhem;
 
Canção que acalenta;
 
Sorriso sincero.

 
 
 
 

 
 
 
 
10- AGORA É PAI
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
 
 
Em tempos outrora:
 
Menino da bola de meia;
 
Do jogo de pião;
 
Jovem apaixonado;
 
Desejo de família.
 
 
 
Hoje Pai:
 
Cabelos grisalhos;
 
Rugas da experiência;
 
Escudo;
 
Esteio do lar.
 

 
 
 


 
 
 
 
11- MEU PAI: MEU MUNDO
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
 
Na imensidão,
 
Harpas ecoam belos cânticos,
 
Parabenizando o seu dia!
 
 
 
Na paz do seu sorriso:
 
Sentimentos à flor da pele!
 
 
 
Ventos trazem a fragrância,
 
Que simboliza a sua força!
 
Difícil de entender,
 
O mundo sem você!
 
Agora e por toda a eternidade,
 
Acredito que sua fibra,
 
Conjectura GRANDES HOMENS!
 
Carrego comigo toda a sua essência!
 
É indiscutível,
 
Que em todo o planeta,
 
Somente a sua destreza,
 
Leva
 
À GRANDES VITÓRIAS!

 
 

 
 
12- PAI: UMA MISSÃO IMPORTANTE 
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
 
Das garras da águia,
 
Colheste um fruto precioso!
 
Deixaste ser tocado,
 
Pela lágrima do gato!
 
Tens a essência do condor
 
E do albatroz!
 
Por excelência,
 
És como o leão!
 
Somente os lagos secretos,
 
Das longínquas cordilheiras,
 
Sabem do seu SEGREDO!
 
 Existe em seus olhos,
 
A luz do UNIVERSO!

 
 
 
 

 
 
 
 
13- PAI: CORAÇÕES A CALEJAR
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
Pai!
 
Em tua honra: 
Balões ao vento!
Brincadeira de catavento!
 
Por sua glória:
Foco no palco!
Foto de decalco!
 
Pelo amor incondicional:
Tapete vermelho!
Obrigado pelo conselho!
É teu
O estandarte da criação!
Obrigado pela explicação!
 
Sorrindo me estendeu a mão 
E ao me beijar,
Me acolheu num abraço!
Minha eterna gratidão!
Te sinto em tudo o que eu faço!
 
Quebrou barreiras!
Derrubou muralhas!
Venceu desafios!
 
As rugas são os caminhos
Por onde a experiência que chega
Encontra as ilusões que se vão,
Pra alguma imensidão!
 
Está escrito nas estrelas
Que a sua história de vida
Caleja muitos corações!
Quantas emoções!
 
PARABÉNS!
 

 
 
 

 
 
 
14- MEU PAI: UM GRANDE AMIGO!
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Pai:
 
Imagem e Semelhança
Do Criador!
O meu mentor!
 
No seu dia:
 
Rosas descem do horizonte!
Perfumes seguem adiante!
Anjos cantam no arco-íris!
Poemas tem letras azuis!
 
Estrelas se apaixonam!
Filhos se emocionam!
 
A lua beija o sol!
A sua face é projetada
Através da luz de um farol!
 
De tanto amor,
Choram os jasmins!
Presente bem guardado
Entre espumas e carmins!
 
Borboletas dançam!
Bosques se alegram!
 
Nas covas dos leões,
Muitas vezes: VENCEDOR!
O meu professor!
 
Nos desafios da vida,
Tantas vezes: SOBERANO!
Um ser lhano!
 
Essencialmente és:
Disciplina e compromisso!
Força e perseverança!
A minha segurança!
 
TE AMO!

 
 

 
 
 
15- SEMPRE MÃE!
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
Mãe!
 
Ainda te vejo
Em todos os passados!
Você e seus agrados!
 
Ainda somos partes
De um universo inesquecível!
Tão incrível!
Te sinto assim,
Tão frequentemente,
Nesses seus tantos semblantes,
Ainda tão presentes!
Nessas suas ações tão repentinas,
Enquanto observo outras sinas!
 
Agora na sua nova missão,
Convives com todas essas verdades,
Que pra ti
Não são ocultas!
FAZEM BEM
OU FEREM!
 
Nesse raio de sol
Tu Navegas
Sem medo das tempestades!
Das calamidades!
 
Tu vens!
Tu partes!
 
Nessas suas viagens
Sei que tu nunca te perdes!
 
O capricho ainda continua!
Posso ver essa aura sua!
Essa mão ainda acalenta!
Meu coração sofre, 
Mas aguenta!
 
Ainda sois capaz de ser ÚNICA!
INIGUALÁVEL!
DE ESSÊNCIA INDESCRITÍVEL!
 
ASSIM, tu ainda VIVES!

  
 

 
 
16- QUANTA PRECIOSIDADE!
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
Pai:
 
Sei que a lágrima que cai dos seus olhos
Inspira cura e intuição
E tem a cor da mais bela pedra ametista!
Pra ti eu ofereço a minha gratidão!
 
Sei que em seu coração
Reina a confiabilidade, 
Que tem a cor da mais linda esmeralda!
Quanta felicidade!
 
Escrevo pra ti
A canção da paz em letras chinesas,
Porque elas representam raciocínio e inteligência!
Quanta benevolência!
 
No olho do falcão:
A força da sua intuição!
 
 
Nas pegadas do gato:
Sua coragem e essa determinação
Que eu acato!
 
Na pelagem de um tigre:
Toda a sua proteção!
A minha solução!
 
Deixo pra você o fogo da opala,
Porque em sua vida
Nunca pode faltar o brilho da sorte!
Que isso lhe conforte!
 

 

 
 
 
 
17- MINHAS BUSCAS
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
Pai:
Eu busco uma cor
Que melhor expresse o seu sorriso!
Esse é o meu compromisso!
 
Eu busco no horizonte
A beleza que vem do seu olhar!
Estou perto do seu caminhar!
 
 
Eu quero conhecer
Todos os caminhos que me levam ao seu coração!
Sigo isso por missão!
 
Eu quero entender
A razão e o porquê
Dessa essência que é você!
 
Eu quero lá no mar encontrar a força
Que vem da emoção
Desse seu coração!
 
Me deixo ser levado
Pelo seu carisma e pela sua gratidão!
Tenho essa decisão!
 
Eu busco na canção
A frase que melhor define a sua vida!
Acho que é a minha mania atrevida!
 
Eu quero o seu abraço, 
Pra que eu busque dentro de mim,
Palavras que vão me inspirar a escrever,
Somente para ti,
A poesia da história dessa sua vida,
Que é tão bem-sucedida!


 

 
 
18- JOGO DE CARTAS
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Pai:
 
Nesse jogo da vida
Eu deixo a minha homenagem
No bolso do seu paletó!
Uma simbologia!
A minha filosofia!
 
A minha carta de ouros,
Tem gosto de sucesso!
É o ás da prosperidade!
Da sua felicidade!
 
Porque eu sei que a sua brandura
Brilha como ouro!
É um tesouro!
 
Outra vez,
Quatro vezes: Mais copas!
Coisas que tu inovas!
Porque a sua alegria tem gosto de serenidade!
De fraternidade!
 
Entre nós:
Nenhuma lágrima de tristeza!
Quanta franqueza!
 
Porque
Por setecentas e setenta e sete vezes,
Perdemos todos os setes
De tantas copas e deixamos de lado
Outro dez da espada de alguma angústia!
De alguma injúria!
 
O meu profundo desejo
É que pelo resto da sua vida térrea,
Suas cartadas sejam sempre de boas notícias,
Naquele dez de harmonia áurea!
 

 
 

 
 
 
19- NESSAS CORES
(Claudionor Araújo da Silva)
  
Pai:
 
Quero que o nosso vermelho
Simbolize sempre amor e nunca outra desavença!
Que aumente o perfume da confiança!
 
No escuro desse vermelho:
Eu gosto de ver a sua elegância!
A sua prudência!
 
Já deixamos de lado
O verde da arrogância!
Da intransigência!
 
No escuro desse verde
Mora a grandeza do seu coração!
A sua compaixão!
 
 
Meu amarelo tem pra você,
Uma vez mais,
Aquela descontração!
A doce confraternização!
 
Nessa cor laranja:
Sua tolerância!
Essa prosperidade!
Sua inteligência!
 
Nosso azul celestial
Tem jeito de água calma
Na noite de proteção!
Num dia de emoção!

 
 

 
20- ESSAS FLORES
(Claudionor Araújo da Silva)
 
 
Pai:
 
Já plantei no meu coração
A flor da sua perseverança!
Você é a minha confiança!
 
Já cultivo dentro de mim
Outra rosa da sua sabedoria!
Meu ar de idolatria!
 
Busco a inspiração
Que já fez de ti uma fortaleza!
Nessa sua grandeza de alma:
Quanta destreza!
 
Quero a rosa da criatividade
Pra que eu sempre entenda
Esse seu coração aberto,
Sempre tão correto!
 
Meu jardim de jasmim vermelho
Guarda a sua alegria!
A sua empatia!
 
Porque você também merece
As flores da distinção, da admiração
E da confraternização!

 

 
 
 
21- ESSE PAI TÃO DEDICADO
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Pai:
 
O calo que incomoda a sua mão
É fruto do excesso de amor
Que a mim tu dedicaste!
Tu te empenhaste!
 
Então
A ti eu dedico
Toda a generosidade que você fez por merecer!
Toda a felicidade!
 
Um fio de cabelo na minha cabeça se embranquece
E uma lágrima surge no seu olhar,
Porque o seu coração fica feliz,
Sabendo que eu outra vez aprendi
Um pouco mais dessas coisas que tu me ensinaste!
Coisas que eu mereci!
 
Uma outra ruga aparece nesse seu rosto cansado, 
Mas existe entre nós a força de uma grande amizade!
Uma luz que nos leva sempre à hombridade!
 
Me diga que amanhã
Outra vez você vai me abraçar!
 
Me diga que daqui a pouco
Um sorriso seu eu vou ter,
Só pra me alegrar!
 
Me diga que pra sempre
Nós vamos ser dois grandes amigos!
Vencendo todos os perigos!
 
Me fale mais dessa verdade
Que sempre nos leva por esse caminho de paz!
Rumo que satisfaz!
 
Pra você agora:
PARABÉNS!
 
Pra nós dois amanhã:
O brilho da nossa alegria!
Da nossa benevolência!
 
Você é na minha lembrança
A essência da coragem!
A proteção!
A eterna gratidão!

 

 
 
22- UM PAI:
UM REI EM TANTAS BATALHAS!
(Claudionor Araújo da Silva)
 
Não é qualquer um que tem
Esse coração querido!
Meu recanto preferido!
 
Não é qualquer um que tem
Esse coração de REI, toda a majestade e
Toda a hombridade
Que só você,
Eu bem sei que tem!
 
Porque só o coração de um REI 
É capaz de vencer todas essas duras batalhas,
Que o mundo propõe!
Que o mundo impõe!
 
Só alguém que traz consigo
O teor do brilho da vitória,
Pode ser chamado de REI!
Pode ser sinônimo de inteligência!
 
Eu me pego a pensar
Na sua bravura!
Na sua aventura!
 
Eu me deixo ser levado
Pela sua ternura!
 
Bem aqui no meu coração 
Eu desenhei um castelo
Que guarda a coroa, 
Que sempre estará presente
Na aura que tu trazes
Nesse seu semblante,
A todo instante!